Matrículas em faculdades à distância devem superar as presenciais em 4 anos

Uma pesquisa da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) aponta que, mantido o ritmo atual de ingressantes no Ensino a Distância (EaD), a modalidade superará o formato tradicional em quatro anos. Previsão é que em 2023, 2,2 milhões de matrículas sejam para aulas à distância, somando 51% do total de alunos.

Se a tecnologia dita cada vez mais os rumos das carreiras do futuro, a sala de aula não pode ficar de fora. No mundo inteiro, o lugar de formação dos profissionais já reflete novos meios de vida e as adaptações necessárias às exigências do mercado. Em meio a essas transformações, o ensino ganha cada vez mais terreno na plataforma digital. No Brasil, enquanto as matrículas nos cursos presenciais registraram decréscimo por dois anos seguidos, nas graduações a distância elas explodiram.

A explosão da modalidade coincidiu ainda com a expansão de polos de ensino, mas há quem acredite que esse movimento não seja sustentável. A tendência seria de consolidação e redução, restando apenas aqueles que têm uma base significativa de estudantes. No período, o maior crescimento se dá no setor particular, que saltou de pouco mais de 157 mil novas vagas, em 2010, para quase 250 mil novas vagas ao ano, em 2017, crescimento médio anual de 6,8%. No mesmo período, o setor público de ensino superior cresceu somente 3%, saindo de pouco mais de 46 mil novas vagas, em 2010, para cerca de 57 mil novas vagas, em 2017. No Brasil, apenas quatro cursos não têm a modalidade EAD, por proibição legal: direito, odontologia, medicina e psicologia.

Entre os alunos do EaD predomina o público de maior faixa (38% possui de 31 a 40 anos de idade, e 29% está acima dos 40 anos); a maioria são de classe C (58%) e provenientes de escola pública (75%). Também é predominante a parcela de pessoas que trabalham (83%) e que são casadas (62%). Outro aspecto que chama a atenção é que apenas 23% prestaram a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).