Faculdade depois dos 40 anos vale a pena? Confira dicas e vantagens

E se você passou dos 40 e ainda se sente inseguro (a) em começar a sua graduação, saiba que há uma característica inerente da sua idade (que não são os fios brancos muito menos as rugas) que poderá ajudar você… Ainda não sabe qual é?

Bom, essa característica é a MATURIDADE. Isso mesmo, a maturidade é um grande diferencial na hora de começar qualquer coisa. E quando o assunto é faculdade, é aí que ela é posta a prova.  Com certeza, ao longo de toda a sua vida é bem provável que você já tenha passado por inúmeras situações em que ela foi cobrada. Por esse motivo, não se apague apenas aos contras, use as suas “limitações” ao seu favor! Pois, serão elas que irão diferenciar você dos outros.

Com o seu desenvolvimento acadêmico você verá que a sua visão sobre inúmeros assuntos, sejam em âmbitos profissionais ou pessoais, será muito diferente conforme cada etapa da sua graduação é concluída. E essa, certamente, é a melhor parte dessa jornada.  Sendo assim, você perceberá que o seu “eu” do começo do curso será bem diferente no final.

Ficaria muito utópico se esse artigo levantasse apenas os pontos positivos, ao realizar uma faculdade depois dos 40 anos. Por esse motivo, , é importante pontuar as possíveis dificuldades que possam ocorrer.

Para você que passou dos 40 anos, de fato, a sua rotina é bem diferente do que a de um adolescente que acabou de terminar o ensino médio. Com isso, as dificuldades também serão.  Possivelmente, responsabilidades como família, emprego e outros afazeres irão exigir mais de você. Assim, algumas dificuldades aparecerão ao decorrer da sua jornada universitária.  Por isso, antes que calo aperte, ter um planejamento é essencial. Invista em uma agenda, de papel ou eletrônica, é comece a ter o hábito de anotar, pois por meio dessa organização será possível evitar inúmeros problemas.

A flexibilidade no ensino EAD pode ser uma grande alternativa! Com mais de 1,4 mil cursos em grau de licenciatura, bacharelado e tecnólogo, a modalidade de ensino a distância é a mais indicada para aqueles que possuem uma rotina mais corrida.

No entanto, é importante que a instituição de ensino tenha o aval do MEC, pois essa garantia permite que o seu diploma seja válido em todo território nacional. E se você ainda está em dúvidas sobre cursos EAD, de modo geral, o que será preciso, é apenas um bom computador, uma boa conexão e muita vontade de aprender.

Os cursos podem ser ministrados em dois tipos de modalidade, a 100% online, em que o aluno só comparece a faculdade para realização de prova; e a semipresencial, composta por matérias online e aulas presenciais no pólo de ensino.