Sociologia

Objetivo: O curso de Complementação Pedagógica (Obtenção de Novo Título) tem por objetivo viabilizar, em menor tempo, outra Graduação para aqueles que já concluíram um curso no Ensino Superior, seja ele: Bacharel ou Tecnólogo.

Habilitação: A Complementação Pedagógica apresenta-se como um curso que proporciona habilitação da docência a graduados, bacharéis ou tecnólogos, de acordo com a área de formação. A Complementação Pedagógica viabiliza a condução do processo ensino-aprendizagem de forma mais segura, com práticas pedagógicas que atendam às necessidades de formação de cidadãos e profissionais para a sociedade contemporânea e de, além disso, tornar-se um docente autônomo, crítico e reflexivo em sua atuação na educação. Este curso atende à necessidade de suprir a falta de professores habilitados que assumem a sala de aula sem conhecimentos teórico metodológicos em educação.

Organização: Os Cursos de Formação Pedagógica são organizados por semestre, do seguinte modo:

- Para estudantes que possuem graduação em bacharelado da área pretendida - 1040 horas. O estudante que possui a primeira graduação na modalidade do bacharelado do curso que pretende realizar terá sua matriz curricular organizada em dois semestres, de modo que os conteúdos tratados nas disciplinas atendam ao núcleo contextual, estrutural e integrador.

As atividades são divididas em: Estágio - 300 horas. Atividades Complementares Obrigatórias - 200 horas. Teórica e Prática - 540 horas.
TOTAL - 1040 horas

- Para estudantes que possuem graduação em área afim da qual pretende cursar - 1400 horas. É destinada ao estudante que possui a formação inicial em uma área afim a qual pretende realizar o curso de complementação pedagógica, tendo a duração de três semestres. A Matriz é formada por disciplinas cujo conteúdo contempla o núcleo contextual, estrutura e integrador, sendo organizada do seguinte modo:

Estágio - 300 horas. Atividades Complementares Obrigatórias - 200 horas. Teórica e Prática - 900 horas. TOTAL - 1040 horas

Nos casos citados anteriormente, as atividades de estudo são desenvolvidas na modalidade online, o que permite que o estudante possa organizar sua rotina de estudos. O estudante é acompanhado por um tutor a distância e pelo professor responsável pela disciplina, ocorrendo assim, interação entre os sujeitos envolvidos no processo de ensino e de aprendizagem.

Os estudantes comparecem ao polo de apoio presencial em datas previamente estipuladas para a realização das avaliações presenciais.

 

Conteúdos:

Matriz de 1.040 (2 semestres).

Psicologia da educação e da aprendizagem. Didática: planejamento e avaliação. Políticas públicas da educação básica. Libras. Práticas pedagógicas: identidade docente. Estágio curricular no ensino fundamental. Metodologia do ensino da área de formação. Fundamentos da educação. Educação e diversidade. Estágio ensino médio e/ou educação profissional. Práticas pedagógicas: gestão da sala de aula. Atividades complementares.

Matriz 1.400h (3 semestres).

Psicologia da educação e da aprendizagem. Didática: planejamento e avaliação. Políticas públicas da educação básica. Libras. Práticas pedagógicas: identidade docente. Estágio curricular na educação infantil. Alfabetização e letramento. Fundamentos da educação. Corpo e movimento. Aprendizagem da língua portuguesa. Educação e diversidade. Práticas pedagógicas: gestão da aprendizagem. Estágio nas primeiras séries do ensino fundamental. Educação de jovens adultos. Aprendizagem da matemática. Aprendizagem da geografia e história. Aprendizagem das ciências naturais. Teorias e práticas do currículo. Estágio nas séries finais do ensino fundamental. Práticas pedagógicas: gestão da sala de aula. Atividades complementares.

A que se destina: Portadores de diploma de curso superior, Bacharelado ou Tecnólogo. Esse curso não se destina aos graduados em licenciatura.

Área de Atuação: Depois de formado, você poderá atuar nas diferentes modalidades do sistema de ensino formal, como o Ensino Fundamental II, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos, Educação Profissionalizante, Educação Inclusiva e a Distância, atuando como professor de uma área específica ou desempenhando atividades de planejamento, coordenação e supervisão de atividades pedagógicas. Além disso, também é possível atuar em editoras, com a produção, revisão e validação de material didático. E esse é um bom momento para ingressar nesse mercado: de acordo com o Conselho Nacional da Educação, existe uma carência de aproximadamente 245 mil professores no Brasil, o que faz com que a taxa de desemprego na área seja baixíssima e as oportunidades de atuação para o licenciado se multipliquem.

Investimento: Valor das Mensalidades (considerando o Incentivo e a Pontualidade) para 2018/1 - a partir de R$ 279,00. O valor depende do Polo de Apoio Presencial escolhido (Itapema, Porto Belo, Tijucas ou Camboriú) e da Universidade que oferece o curso (Anhanguera ou UNOPAR). Solicite mais informações aqui pelo site ou diretamente no Polo de seu interesse.

Conteúdos e Diploma iguais aos da Graduação Presencial.

Documentos necessários: Cópia autenticada do Diploma do Curso Superior Concluído, devidamente registrado e contendo o número do ato de reconhecimento do curso. + o Histórico Escolar Oficial do Curso Superior Concluído - via original ou cópia autenticada.

Ministério da Educação: Conselho Nacional de Educação - Conselho Pleno - Resolução nº 2, de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada.

Art. 14º. Os cursos de formação pedagógica para graduados não licenciados, de caráter emergencial e provisório, ofertados a portadores de diplomas de curso superior formados em cursos relacionados à habilitação pretendida com sólida base de conhecimentos na área estudada, devem ter carga horária mínima variável de 1.000 (mil) a 1.400 (mil e quatrocentas) horas de efetivo trabalho acadêmico, dependendo da equivalência entre o curso de origem e a formação pedagógica pretendida. III - a carga horária do estágio curricular supervisionado é de 300 (trezentas) horas. § 5º A oferta dos cursos de formação pedagógica para graduados poderá ser realizada por instituições de educação superior, que ofertem curso de licenciatura reconhecido e com avaliação satisfatória realizada pelo Ministério da Educação e seus órgãos na habilitação pretendida, sendo dispensada a emissão de novos atos autorizativos.

RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 2, DE 1º DE JULHO DE 2015 – Os Cursos de Formação Pedagógica possibilitam que pessoas que já possuem uma graduação, habilitação para ministrar aulas de disciplinas do Ensino Fundamental II e Ensino Médio. Destinado a professores que possuem bacharelado na disciplina correspondente de sua formação, mas sem licenciatura ou complementação pedagógica; a professores que possuem licenciatura diferente da área que lecionam; ou possuem formação superior diferente da área que atuam.

Conforme o Art. 2º da Resolução 02/97, é destinado aos portadores de diploma de nível superior, em cursos relacionados à habilitação pretendida, que ofereçam sólida base de conhecimentos na área de estudos ligada a essa habilitação. A Complementação Pedagógica é um curso integrante do Programa Especial de Formação Docente regulamentado pela Resolução CNE/CEB Nº 02/97, para as disciplinas do currículo do ensino fundamental I e II, do ensino médio e da educação profissional em nível médio. Destina-se a suprir a falta nas escolas de professores habilitados, em determinadas disciplinas e localidades, em caráter especial. O concluinte do programa especial será certificado, conforme Art. 10º da Resolução CNE/CEB Nº 02/97, por uma Instituição do Ensino Superior devidamente credenciada pelo MEC. Portaria do MEC – Portaria Ministerial nº 3445/2003.

INSCREVA-SE NO CURSO

(47) 3363-2823

Rua 248, nº 322 Itapema, Brasil, SC 88220-000